quinta-feira, 11 de julho de 2013

Logica Imbativel

Estava na hora do banho. Insistia para que se apressasse. Ignorava-me. Eu de paciência esgotada, insistia. Pediu-me para a levar à manicura, queria pintar as unhas, ao mesmo tempo pedia-me que lhe descalça-se os sapatos. Respondi que já não era nenhum bebé, se era crescidona para pintar unhas – na manicura – também era crescida para tratar de si. Respondeu-me que era crescida sim, muito crescida. Crescida e preguiçosa. Ah pois é. Tenho de admitir que é mesmo crescida…

Sem comentários:

Enviar um comentário