sábado, 17 de janeiro de 2015

Do Natal passado

Ontem acabei o perú que tinha sobrado do natal, estava congelado, bem entendido, mas ainda assim era perú natalício,  serve isto para concluir que o natal é uma época muito elástica, para não dizer que é sempre que um homem quiser . Assim sendo as filhoses ainda vão a tempo, até porque daqui a pouco já se estão a fazer de novo, espero.
Este ano tive a preciosa ajuda dos filhotes que bateram, amassaram e cortaram. E um Natal que só podia ser triste ficou um bocadinho mais fácil.

Filhoses de Natal
(receita da minha avó calibrada pela minha mãe)

sumo de 3 laranjas
1/8 l de azeite morno
1/8 l de aguardente velha quente
1/8 l de agua fervida com pau de canela e erva-doce
1 calice de vinho do Porto
1 pitada de sal
3 colheres de sopa de açúcar
1 barra de fermento de padeiro
3 ovos
1kg de farinha mais o necessário para fazer bola

Começamos por fazer o sumo


Fervemos a canela e a erva-doce
Batemos ligeiramente os ovos e misturamos todos os líquidos e o açúcar.
Dissolvemos o fermento num pouco da água fervida com canela ( deve estar morna) e juntamos aos líquidos.

 Juntamos a farinha e o sal
 E batemos bem até formar língua
 Depois damos uma boa sova na massa
 Deixamos dobrar de tamanho em local morno e cortamos as filhoses
Que se fritam em azeite e óleo bem quente
 Podemos fazer umas brincadeiras com a massa

 Mas destas é que eu gosto
 especialmente com um calice de Porto


Sem comentários:

Enviar um comentário