domingo, 30 de novembro de 2014


        

O livro que minha mãe não conseguiu acabar.
Mas leu muitos outros, fez muitas outras coisas bem, mais relevantes. Teve uma vida boa e preenchida. Mas não acabou este livro. Fica sempre alguma coisa por fazer, por dizer. 
Dizia-me muitas vezes " aproveita a a vida" " não deixes para amanhã" " o não temos sempre certo". Nem sempre consigo por em prática tão acertados ensinamentos. Mas prometo que vou tentar. Vou tentar não deixar muitas coisas por acabar. Vou tentar.

Sem comentários:

Enviar um comentário