domingo, 3 de maio de 2009

Boas intenções

O dia da Mãe começou cedo, muito cedo.
No dia anterior a instâncias dos filhotes, expliquei que o melhor presente que me podiam dar era mais uma hora ou duas de sono, na manhã seguinte.
O dia começou então às 7h30 com os gritos insistentes do filhote-mor - Cala-te, não acordes a mãe!!não fales mais!!!
Quando pouco mais tarde me viu, na cozinha, meio estremunhada, já a preparar o pequeno-almoço, perguntou admirado - já acordaste?! hoje deixamos-te dormir não foi? nem deixei a mana falar!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário